sexta-feira, 15 de maio de 2009

COMO LEVAR FILHOS ÀS DROGAS!!!!!

Sejam indiferentes quanto aos problemas deles. Afinal você também foi jovem, passou por muitas dificuldades, venceu, é forte e seus filhos são uns fracos.
As brigas do casal devem ser sempre na frente dos filhos.
Gestos de carinhos diante deles, nem pensar!
Digam "sim" sempre aos desejos dos filhos. É mais fácil para se livrar da ladainha deles.
Acumulem as promessas das correções, e num dia explodam diante de um escorregão deles e os espanquem; você estará batendo por acúmulos, mas eles estarão apanhando por uma coisa só e pequena.
Se eles chorarem por causa das correções injustas (visão deles), peçam desculpas e livrem-se da dor de tê-los feito chorar.
Liberem a proibição do outro cônjuge. (Lembrem-se: o seu cônjuge chegou na sua vida primeiro que os filhos, e não podem ficar em segundo lugar na escala dos carinhos e atenções).
Que os seus discursos sejam sempre diferentes dos seu comportamento.
Comentem na frente deles os seus descontentamentos com a direção da Igreja que vocês frenqüentam.
Dediquem-se de corpo e alma aos trabalhos da Igreja e se esqueçam das "ovelhas" que têm em casa; Afinal, se der tempo e vocês não estiverem cansados, darão atenção para eles, não é?
Façam tudo para darem aos filhos aquilo que vocês não tiveram, e depois os culpem disto quando as coisas ficarem materialmente feias em casa.
Prefiram um em detrimento do outro. Vocês podem estar criando um novo Caim e um novo Abel.
Afirmem sempre que o nome de sua família e de sua Igreja é mais importante e que não podem ser maculados pelos erros deles.
Preocupem-se em gabhar, assegurar o futuro de todos a qualquer preço; quando vier a conta das ausências não haverá moeda que page.
Não leiam nada sobre drogas, porque, claro, isto jamais acontecerá na sua casa.
Não vá aos colégios onde eles estudam. Não procurem saber da vida escolar deles, afinal vocês não têm tempo para essas coisas, não é?
Não coloquem limites para eles, porque vocês já sofreram isto com seus pais, mas seus filhos terão liberdade que quiserem (esta liberdade quase sempre leva alguém para as prisões).
Não beijem seus filhos. Eles já estão grandinhos demais para tal carinho. A fase do mel já passou e agora é hora comerem abelhas vivas.
Proíba tudo sem explicações; afinal que manda é quem mantém a cas.
Se descobrirem, mesmo acidentalmente, que um dos seus filhos começou a usar drogas, gritem com ele, chamem-no de maconheiro, chutem as cadeiras, quebre os cops e digam que vão chamar a polícia. Sim, vocês estarão quebrando todos os elos e impossibilitando a recosntrução de pontes.

Texto Pr. José Francisco Veloso.



God Bless You All...

3 comentários:

Gabriela Liebert Marold :) disse...

É... temos uma grande responsabilidade nas nossas mãos. Precisamos estar presentes nas vidas dos nossos filhos, mostrar o caminho e mostrar também o quanto eles são especiais.

Amor, diálogo, correção e afeto são excelentes antídotos contra essas porcarias que existem no mundo de hje.

É isso ai... Quer dizer então que o John Lennon is back?
Hahahah
Legal, super marketeiro!!!

Abrass

Rodrigo Santos disse...

Boa receita de como NÃO criar os filhos essa Jonh.
A ausência da familia na vida das crianças e jovens é, certamente, fator decisivo pro caminho que ele vai seguir !

leo268 disse...

mt bom...
as vezes gostaria q meus pais soubessem disso...

Deus abencoe cara